Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

26/02/2013
CORRELAÇÃO ENTRE A PRESSÃO DO BALONETE E O DIÂMETRO DO TUBO EM VALOR MÍNIMO DE OCUSÃO

CORRELAÇÃO ENTRE A PRESSÃO DO BALONETE E O DIÂMETRO DO TUBO EM VALOR MÍNIMO DE OCUSÃO PARA UMA VENTILAÇÃO SATISFATÓRIA.

AUTORES: FELIPE BITTENCOURT BRAVIN¹, VINICIUS COCA², ROGÉRIO ULTRA³

1-Fisioterapeuta intensivista;

2- Fisioterapeuta intensivista e docente da UGF;

3- Fisioterapeuta intensivista, docente da UNESA e da SOBRATI.

Introdução: A ventilação mecânica invasiva é o suporte de vida mais importante dentro da terapia intensiva, desta forma o cuidado com sua interface, a via aérea artificial é fundamental.

Objetivos: O estudo realizado tem como objetivo comparar o valor mínimo de oclusão em diferentes diâmetros de traqueias com o proposto na literatura, considerando o tamanho do tubo orotraqueal.

Metodologia: Foram avaliados 22 pacientes , sendo 11 do sexo masculino com idade média de 54,2 anos e 11 do sexo feminino com média de idade de 50,2 anos. A pressão mínima de oclusão foi avaliada por meio de ausculta na região Antero-lateral do pescoço, sendo o procedimento realizado com o leito a 30 graus e após aferidos por um cuffometro da marca hel

Resultados e discussão: Não observamos diferenças significativas de pressão mínima entre homens e mulheres, os valores mínimos encontrados variaram entre 15cmH2O e 22cmH2O. Os valores encontrados são menores dos propostos pela literatura.

Conclusão: Podemos concluir que existe diferença entre a pressão mínima encontrada na literatura e a pressão mínima obtida no estudo, não sendo encontrada uma diferença significativa entre homens e mulheres. Devemos ressaltar a importância da verificação e ou a correção da pressão do balonete de forma intermitente em serviços de terapia intensiva.

Voltar
12/12/2017 - 16:06:16
Apoio